O respeito e a consciência dos outros seres vivos que habitam este planeta junto conosco são elementos característicos das filosofias da vida, como o veganismo. De acordo com o que dizem aqueles que seguem esse tipo de alimento e vida, os animais são seres conscientes, como seres humanos e respeitando suas vidas, evitando dores e danos, é fundamental para viver uma vida justa com todos aqueles que nos rodeiam.

As diretrizes que tornam o veganismo um estilo de vida mais do que uma forma simples de comida

Para entender a importância deste modo de vida, é necessário entender que, quando falamos de indivíduos veganos, não estamos falando apenas de pessoas que decidem não se alimentar de produtos animais (ou derivados deles), mas também devemos nos referir a as pessoas que entendem que devem transformar a maneira como vivem em termos gerais, ou seja, levando em conta muitas das atividades ou decisões que podem fazer no cotidiano.

Nesse sentido, ser vegano, obviamente, significa não comer carne em nenhuma das suas formas, mas também derivadas de animais como lácteos ou ovos. Mas esse não é o fim das coisas, porque nem os produtos de couro, nem as penas, nem a pele nem a lã, nem qualquer outro produto que possa significar que os animais estão ao serviço dos seres humanos são usados. Essa maneira de entender as coisas é uma visão de mundo completa da realidade em que vivemos e é muito mais complexo do que uma maneira de nos alimentar. Baseia-se na noção de que os animais têm os mesmos direitos que nós para viver suas vidas sem dor e abuso.

Uma escolha que se torna benéfica para todos

Muitos argumentam que ser vegano ou tomar uma dieta vegana também é muito benéfico para as pessoas porque significa limitar a ingestão de produtos que podem causar doenças ou problemas de saúde, como gorduras Hoje em dia, os produtos lácteos começaram a ser questionados e a necessidade de consumir esse tipo de produtos ao longo da vida foi questionada, um elemento que geraria uma ruptura muito forte com a idéia de alimentos saudáveis ​​conhecidos até agora.

Por outro lado, a dieta vegana também é importante para reduzir o dano que a indústria alimentar gera para o planeta como um espaço ou habitat onde todos nós devemos viver juntos. Isso ocorre porque argumenta-se que a produção de carne para consumo humano é talvez uma das atividades econômicas que mais poluem quando os animais geram gases liberados para a camada de ozônio e também quando são necessárias grandes áreas de desmatamento. florestas para poder colocar o gado para pastar.

Imagens: Fotolia – Elena Abrazhevich, Inferio