Muitos produtos de consumo são anunciados como eco-amigáveis. O ecológico vende melhor porque indica que algo é natural e biológico. No entanto, para ter certeza de que um produto é genuinamente orgânico, é necessário ter algum tipo de certificação de confiança.

O selo ecológico é uma garantia para provar que um produto alimentar é verdadeiramente orgânico.

Em cada país existe algum tipo de certificação específica. Na Alemanha, o selo é usado Naturland ou Bio Siegel, nos países nórdicos, o logotipo Nordic Ecolabel é muito popular, no Reino Unido, a certificação da Soil Association é usada para alimentos orgânicos e Natrue é o selo da União Europeia. Essas e outras certificações são "ecologicamente corretas", o que significa que os produtos colocados à venda respeitam o meio ambiente.

Além da comida

O rótulo ecológico não se limita à indústria alimentar. Na verdade, serve para rotular todos os tipos de empresas e setores: energia, turismo, construção, cosméticos, têxteis, etc.

Além de certificações e selos oficiais, uma pessoa ou um grupo também pode ser ecologicamente correto. Trata-se de se tornar ambientalmente consciente e adotar uma série de medidas para respeitar o meio ambiente. Desta forma, um indivíduo pode escolher entre usar recipientes normais ou apenas aqueles que são biodegradáveis.

O viajante autoriza

Há muitas maneiras de fazer turismo e, nos últimos anos, o número de viajantes que querem ser respeitosos com o ambiente dos lugares que visitam está aumentando. Essa atitude é expressa em uma ampla gama de medidas: a água estritamente necessária é consumida, os lençóis e toalhas dos hotéis são reutilizados, a comida local é consumida e um estabelecimento com um selo ecológico ou de acreditação é procurado.

O viajante ecológico sabe muito bem que a sua atitude como consumidor terá um impacto direto no território e por isso tentará fazer com que a sua viagem não prejudique mais o ambiente.

Uma tendência que ganha terreno

O ambientalismo está criando novas propostas para a vida cotidiana e também novos termos. Assim, falamos sobre marketing verde ou marketing verde, tecnologia verde ou formas de ser amigo do meio ambiente.

Deixando as etiquetas de lado, o mais importante é contribuir para a sustentabilidade do planeta. Agora sabemos como fazê-lo: poluindo o mínimo possível, reciclando e reutilizando produtos de consumo e adotando hábitos ecológicos em nossas vidas diárias.

Imagens Fotolia: aleutie, raven