Como habitantes do nosso planeta Terra, os seres humanos muitas vezes esquecem o ambiente natural e não percebem o solo que estamos pisando. Nesse caso, não é uma idéia em sentido figurado, porque o solo terrestre é a estrutura sólida na qual é possível desenvolver nossa própria vida. Se somos animais terrestres, vale a pena conhecer a estrutura da Terra.

A litosfera é a esfera exterior sólida da Terra

Como o resto do universo, a crosta terrestre é composta de átomos que formam elementos. Assim, há oxigênio, silício, alumínio, cálcio, ferro, potássio, sódio, magnésio e outros elementos. Oxigênio e silício compõem 80% de toda a superfície da Terra.

Os minerais são classificados pela sua dureza, que é realizada pela escala de Mohs (cada um dos minerais tem um grau de dureza de 1 a 10, sendo o diamante o mais difícil de todos e tem um valor de 10 na escala). Cor e brilho são outros critérios para classificação de minerais.

As rochas são misturas de minerais e o petróleo é a única rocha que se encontra em estado líquido. Existem basicamente três tipos de rochas: ígneas, sedimentares e metamórficas. Entre os ígneas podemos destacar o diorito, o gabro, o granito, o pegmatito ou a obsidiana. As rochas sedimentares aparecem dispostas em camadas e foram formadas pela ação da chuva, vento ou gelo. As rochas metamórficas são as mais antigas da crosta terrestre e seus minerais formam estruturas laminadas.

Abaixo da litosfera

Na parte mais profunda da Terra está o núcleo interno da Terra. Esta parte é sólida e sua temperatura é tão alta quanto a que existe na superfície do Sol. Em torno desta área existe o núcleo externo, que é fundido.

Na próxima camada está o manto, que é derretido e formado por magma. Magma ou lava se acumulam em câmaras e podem alcançar a superfície da Terra através de um tubo vulcânico.

Quando a lava esfria, ela se torna uma rocha vulcânica.

Na estrutura inferior à litosfera está a astenosfera, que é formada por rochas duras e dúcteis e recolhe o calor do núcleo terrestre e projecta-o para a crosta (a massa da astenosfera é do tipo viscosa e por isso razão os geólogos afirmam que a litosfera flutua na astenosfera)

Na parte mais externa, a crosta terrestre, existem placas tectônicas que aparecem e desaparecem e essa área é conhecida como zona de subducção.

Imagens: Fotolia. B44022101, John Takai