Inteligência humana não tem nada a ver com raça, status social, modas ou dinheiro. Qualquer indivíduo é capaz de fornecer soluções para os problemas que aparecem ao seu redor. Se transferirmos essa ideia para o local de trabalho, a busca por novas estratégias pode surgir por meio de um processo no qual diferentes pessoas apresentam suas soluções.

Esse processo é conhecido com o termo brainstorming, embora às vezes o termo inglês brainstorming seja usado.

Um trabalho em equipe

Às vezes, afirma-se com certa ironia que o chefe está sempre certo. Com esta declaração, diz-se que é melhor não discutir com a pessoa que tem o poder. No entanto, nem o chefe nem qualquer outra pessoa está de posse da verdade.

Em uma empresa que quer operar efetivamente, o importante não é quem está no comando, mas quais são as melhores maneiras de lidar com os desafios que surgem.

Em uma sessão de brainstorming, os chefes, os subordinados, os veteranos ou os novatos desaparecem (ou devem desaparecer). Nesse tipo de reunião todos são iguais, porque a proposta do estagiário inexperiente pode ser mais válida do que a de um trabalhador experiente.

O importante é encontrar a solução para um problema e é irrelevante quem tem a melhor alternativa.

Recomendações básicas

– Em uma reunião de equipe em que um brainstorming é iniciado, uma metodologia deve ser seguida, caso contrário a reunião pode ser caótica e inútil.

– Primeiro, devemos definir precisamente qual é o problema ou a questão a ser tratada. Em segundo lugar, é necessário convocar as pessoas mais adequadas (neste sentido, é conveniente que seja uma equipe com diferentes perfis que se complementam).

– Para que a sessão não seja infinita, é aconselhável definir um limite de tempo. A partir deste momento, cada um dos assistentes começa a escrever uma idéia em um artigo ou publicá-la (todas as propostas são potencialmente válidas e não é necessário descartar nenhuma).

– Uma vez que o tempo previamente estabelecido terminou, o líder do projeto recolhe as idéias geradas e as coloca em um lugar visível para todos.

– Então, cada uma das propostas é analisada e possíveis dúvidas são esclarecidas. Então os assistentes dão seu voto para a melhor idéia.

– A proposta mais valorizada torna-se um ponto de partida para que posteriormente possa ser desenvolvida com mais precisão e detalhe.

– Em qualquer campanha é aconselhável criar um ambiente agradável e sincero no qual cada um se expresse sem medos ou preconceitos e com um propósito: resolver novos desafios.

Imagens: Fotolia – retrostar, fandijki