Category Archives: Saúde

Excesso de peso

Excesso de peso: as consequências são específicas ao sexo e piores que o esperado!

Foto: Shutterstock / Fundo

Gordura da barriga ruim: há muitas consequências de estar acima do peso. Mais importante ainda é fazer algo a respeito.

Pölsterchen no estômago e quadris são especialmente entre as mulheres como um problema cosmético. Mas o excesso de peso pode aumentar o risco de várias doenças. Isso inclui não apenas hipertensão e diabetes, mas também alguns tipos de câncer. E as causas mais comuns de morte diferem entre homens e mulheres.

Cada segundo adulto na Alemanha está acima do peso. Incluindo 62% dos homens, 43% das mulheres. Este é o resultado mostrado pelos números do Serviço Federal de Estatística de 2017. E com a idade, o excesso de peso aumenta, 70% de todos os homens com mais de 55 anos tendem a ter muitos quilos. Mas também cerca de 15% de todas as crianças são afetadas.

Estar acima do peso tem consequências para a saúde

Como os quilos extras não machucam pelo menos até certo ponto quase ninguém pensa que o excesso de peso também é um problema de saúde. Seja em mulheres, homens ou crianças, a obesidade pode causar muitas doenças; com a obesidade, os riscos aumentam ainda mais:

  • Diabetes (diabetes): no excesso de peso, o corpo desenvolve uma resistência à insulina , reagindo cada vez menos à insulina do hormônio para baixar o açúcar no sangue. O nível de açúcar no sangue aumenta.
  • Aumento dos níveis de lipídios no sangue: O colesterol prejudicial pressiona os vasos e aumenta o risco de derrame e ataque cardíaco.
  • Hipertensão: A obesidade é o maior fator de risco para o desenvolvimento da hipertensão. Dez quilos de obesidade aumentam a pressão sanguínea em cerca de 3 mmHg. Esse valor está associado a um risco aproximadamente dez por cento maior de derrame e ataque cardíaco, além de outras doenças cardiovasculares .
  • Osteoartrite: Cada quilograma adicional carrega as articulações. Acima de tudo, a coluna lombar, as articulações do quadril, os joelhos e os tornozelos correm o risco de ficar acima do peso devido ao desgaste (osteoartrite).
  • COPD
  • doença renal crônica

A obesidade é responsável por dois terços das causas mais comuns de morte por doenças não transmissíveis.

A relação entre obesidade e causas comuns de morte parece ser específica de gênero

Em um estudo, cientistas da Universidade de Oxford, apresentados na revista PLOS Genetics, chegaram agora à conclusão de que o risco de complicações após sobrepeso e obesidade em homens e mulheres é diferente.

  • De acordo com isso, o risco de diabetes tipo 2 aumenta em mulheres obesas.
  • Nos homens, por outro lado, o risco de doença renal crônica e a doença pulmonar crônica da DPOC estão aumentando .

Para o estudo, foram avaliados os dados genéticos de 228.466 mulheres e 195.041 homens do UK Biobank. O resultado: a obesidade desempenha um papel no desenvolvimento de vários problemas de saúde mais do que se pensava: doenças das artérias coronárias, derrames, diabetes , DPOC, câncer de pulmão, insuficiência renal, fígado gorduroso não alcoólico e doença hepática crônica.

A obesidade também é um fator de risco para câncer

Nos últimos anos, também se reconheceu que a obesidade também pode desempenhar um papel importante no desenvolvimento de alguns tipos de câncer. A obesidade é, portanto, um fator de risco para

  • Câncer de mama após a menopausa
  • Câncer do esôfago
  • cancro do endométrio
  • cancro do cólon
  • cancro do rim

Os especialistas do Centro Alemão de Pesquisa do Câncer em Heidelberg até assumem que a obesidade pode até substituir o tabagismo como fator de risco número um para o câncer.

Excesso de peso: gordura da barriga mais perigosa

A relação entre excesso de peso e câncer, depende principalmente de onde estão as almofadas. A gordura da barriga apresenta o maior risco , porque produz certos hormônios (adipocinas) que promovem, entre outras coisas, o crescimento do câncer. Portanto, além do IMC, você também deve medir a circunferência da cintura. Nos homens não deve ser superior a 102 centímetros, nas mulheres não superior a 80 centímetros. A partir desse limite, há excesso de peso, de 88 até obesidade.

Nimesulida – Anti-inflamatório – Para que Serve e Como Tomar

O nimesulida é um remédio da classe dos anti-inflamatórios não esteroides que combate inflamações, febre e dores no corpo. A principal substância presente nesse medicamento é o própria Nimesulida (100 mg), responsável pelas funções analgésicas e também anti-inflamatórias. Se você quer saber todas as informações sobre a nimesulida, veja abaixo uma ajuda completa.

Ele é comumente encontrado nas farmácias e não é necessária a receita médica para efetivar a sua compra, porém não é recomendado seu uso indevido. A medicação geralmente é vendida em pequenas embalagens com 12 comprimidos ou também na forma líquida com 15 ml, seu uso é permitido para adultos e crianças acima de 12 anos de idade.

Apresentação do Medicamento

Uso Oral

Uso Adulto

Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999

Composição

Cada comprimido contém:nimesulida .. 100 mgexcipientes q.s.p. . 1 comprimido (celulose microcristalina, docusato de sódio, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio, hiprolose, lactose monoidratada, óleo vegetal hidrogenado).

Cada mL* da suspensão gotas contém:nimesulida. 50mgveículo q.s.p 1mL(metilparabeno, propilparabeno, goma xantana, sacarina sódica, sorbitol, essência de morango, essência debaunilha, citrato de sódio, álcool etílico, ácido cítrico, ciclamato de sódio e água).

*Cada mL da suspensão corresponde a 20 gotas.Cada gota da suspensão contém 2,5mg de nimesulida.

Armazenamento

Você deve armazenar esse medicamento de acordo com as indicações expressas na embalagem, como:

  • Conservar em temperatura ambiente (entre 15º e 30º C);
  • Proteger da Umidade;
  • Verificar a data de validade;
  • Não utilizar o Nimesulida se as indicações acima não forem respeitadas.

Como Funciona a Nimesulida e Para Que Serve?

O nimesulida contém a substância cicloxigenase-2 que contribui para fazer a síntese de prostaglandinas relacionadas às inflamações. O medicamento também age no sistema nervoso central, anestesiando as partes cerebrais responsáveis pelo alerta de dor.

Esse remédio também é responsável por inibir a produção de radicais livres provenientes de inflamações. Além disso, é um medicamento que acumula menos substâncias nos rins, ao contrário da maioria das substâncias da mesma categoria, o que faz com que contenha menos riscos e efeitos colaterais, porém pacientes com insuficiência renal ainda devem consultar o médico para verificar qual a primeira opção de tratamento.

Além disso, o nimesulida dá efeitos muito mais rápidos que outros anti-inflamatórios. Em adultos a dor é amenizada dentro de uma média de 15 minutos após a administração do medicamento, outros remédios podem demorar de 30 a 40 minutos para iniciar os efeitos analgésicos.

O Nimesulida é Indicado Para Casos de:

  • Inflamações, principalmente para inflamações de dente;
  • Irritações na garganta ou dor de garganta;
  • Dores de cabeça;
  • Dores de dente;
  • Dores de ouvido;
  • Aliviar cólicas renais;
  • Fortes cólicas menstruais;
  • Febre;
  • Aliviar os sintomas da gripe;
  • Osteoartrite;
  • Dismenorreia primária.

O nimesulida – e todos os seus outros possíveis nomes – está disponível em farmácias, para comprá-lo não é preciso de receita médica, já que é um anti-inflamatório;

O preço do nnimesulida pode variar de acordo com o fabricante e fármaco que o vende. Uma caixa com 12 comprimidos pode ser encontrada na faixa de R$ 2,50 a R$ 13,00. Quem detém os melhores preços desse medicamento por anos é a Drogasil.

O nimesulida em gotas é um pouco mais caro: entre R$ 7,00 a R$ 15,00, veja mais sobre os valores, quantidade e os medicamentos que contém nimesulida: Nisulid, Arflex e o Cimelide.

Nimesulida Posologia Como tomar

O nimesulida é disponibilizado em gotas e em comprimidos. Recomenda-se que ele seja utilizado na menor dose possível, somente para resolver as necessidades de alívio do paciente, seu uso acima da dosagem máxima é expressamente contra indicado devido à possibilidade de acometimento dos rins. Confira a posologia correta do nimesulida na tabela abaixo:

O ideal é que ele seja tomado no período de tempo de 12 em 12 horas, no caso, duas vezes ao dia, porém a recomendação médica, talvez, seja diferente dessa informação da bula. Em casos de pós operação pode ser que esse anti-inflamatório precise ser utilizado mais vezes ao dia para que a dor seja inibida por completo, o mesmo vale para quem está tratando dor de dente inflamado.

No nimesulida de versão líquida, cada gota corresponde aproximadamente 2,5 mg de medicação. No momento de realizar a posologia correta vire o frasco na vertical e dê tapinhas de leve com o indicador para que a gota caia. Não se esqueça de agitar bem antes de usar.

Indicação de uso: deve-se tomar após as refeições, assim os efeitos colaterais de náuseas ou dores de estômagos têm menor chance de aparecer.

Em quanto tempo dá efeito: começa a agir cerca de 15 minutos, porém esse tempo pode variar de pessoa para pessoa, tem duração máxima de 5 horas. Cerca de 80% da substância ingerida após este período é eliminada através da urina e filtragem dos rins.

Como Tomar Nimesulida Para Dor de Garganta

Um dos sintomas pelo qual o nimesulida é mais procurado é a dor de garganta ou inflamação decorrente de inversões térmicas, gripes, resfriados, laringites, faringite e outras doenças. O medicamento para esses casos funciona como um analgésico potente, mas o seu potencial analgésico não resolve o problema caso a inflamação seja de causa bacteriana. Você descobrirá isso ao usar o medicamento e os sintomas não desapareçam.

Nesse caso solicite a ajuda médica para receitar um antibiótico ou anti-inflamatório condizente com sua situação atual, você pode estar mais do que somente uma garganta inflamada.

O nimesulida deve ser administrado conforme indica a sua posologia para tratar dores de garganta. Entretanto recomenda-se que esse remédio não seja utilizado por um longo período, já que com o passar do tempo aumentam as chances de surgirem efeitos colaterais graves.

Nimesulida para dor de dente

A segunda recomendação mais recorrente do nimesulida é como anti-inflamatório para dor de dente ou dente inflamado. Por ter uma ação muito forte e rápida é uma solução boa, mas que não deve ser frequentemente consumido. Se você está fazendo uso dessa medicação para aliviar as dores, procure alternar com outros anti-inflamatórios não esteroides como o ibuprofeno, por exemplo.

Contra Indicações

Esse anti-inflamatório não é recomendado para as seguintes pessoas:

  • Mulheres grávidas ou em período de amamentação;
  • Com insuficiência cardíaca congestiva;
  • Com insuficiência renal;
  • Casos de infecção bacteriana, nesses casos o uso de antibiótico é indispensável;
  • Com mau funcionamento do rim;
  • Que tenham alergia ou hipersensibilidade em relação a algum item da fórmula do medicamento, principalmente o ácido acetilsalicílico;
  • Que sofram de úlceras;
  • Tenham problemas de coagulação;
  • Sofram de hipertensão, diabetes ou qualquer outra doença crônica;
  • Crianças com menos de 12 anos;
  • Idosos e portadores de broncoespamos.

Como todo medicamento, é preciso que você consulte seu médico caso se encontre em uma das classes citadas acima, só ele poderá te indicar qual o melhor remédio anti-inflamatório para a sua situação.

Reações Adversas Efeitos Colaterais do Nimesulida

O nimesulida pode causar uma série de efeitos colaterais, alguns nada comuns, outros mais prováveis devido à condição anti-térmica e anti-inflamatória. Confira a lista de reações adversas que esse medicamento pode provocar:

  • Náuseas;
  • Dor de estômago;
  • Dor de cabeça;
  • Perde de apetite;
  • Urina escura;
  • Diarreia;
  • Sonolência;
  • Fraqueza;
  • Diminuição do volume urinário;
  • Diminuição da temperatura corporal;
  • Sobrecarregamento renal;
  • Tremores;
  • Coceira (reações alérgicas).

O nimesulida pode causar dependência por causa seus fatores analgésicos, mas devido ao seu alto grau de toxidade hepática deve ser rigorosamente evitado o uso contínuo ou frequente da medicação, principalmente em pacientes que já têm complicações nos rins e/ou fígado. Em pacientes idosos e crianças a cautela deve ser ainda maior.

Se durante o tratamento os sintomas não desaparecerem você deve consultar um médico e realizar o diagnóstico para verificar quais são os medicamentos mais recomendados para a sua situação em especial.

Lembre-se: nunca tome um medicamento sem orientação médica. Todo remédio possui efeitos colaterais que apenas um profissional poderá avaliar e concluir o melhor caminho para a solução de seus problemas de saúde, de acordo com as especificidades de seu organismo.

Nimesulida é seguro? Porque foi proibido em mais de 10 países?

O nimesulida é uma medicação de uso proibido em mais de 10 países, como o Reino Unido, Canadá, Estados Unidos, Japão, Espanha, Finlândia, Irlanda e Holanda. Até mesmo a Organização Mundial da Saúde (OMS) já declarou estado de alerta em relação a toxidade desse medicamento, problema que causa complicações sérias para o fígado e rins.

De acordo com a opinião dos médicos, o problema não recorre ao medicamento para tratar simples inflamações e, sim, utilizar a mesma medicação regularmente. Quem sofre com problemas de inflamações e outras situações que dependam de anti-inflamatórios e/ou antitérmico deve ver em outros AINESS uma possibilidade de tratamento. O que não deve acontecer é uso recorrente da nimesulida.

Nomes comerciais da Nimesulida e onde encontrar

A nimesulida é comercializada por diferentes laboratórios, incluindo a versão genérica que leva o próprio nome do medicamento. Conheça alguns dos outros nomes desse anti-inflamatório e os respectivos laboratórios que os comercializam:

  • Scaflam (Mantecorp);
  • Mesalgin (TKS);
  • Nisulid (Ache);
  • Optaflan, (Gallia);
  • Nimesilam (EMS).

Você pode encontra o nimesulida em qualquer rede de farmácias do Brasil, esse medicamento é popular e tem baixos custos.